Produto Privado Remanescente

 Afinal, Qual é o Produto Privado Remanescente do Brasil e o que é isso?
 O Produto Privado Remanescente (PPR) é uma estatística econômica alternativa ao Produto Interno Bruto (PIB). Idealizado pelo economista da Escola Austríaca Murray Rothbard.

 Ele é diferente do Produto Interno Bruto (PIB) e vou explicar por que; vamos fazer uma analogia simples, uma ilha com uma economia simples sem mercado externo (importações ou exportações), foram produzidas 1000 Maçãs a preço de 1 real cada, o governo recolheu 200 como impostos para a burocracia estatal, qual será o PIB e o PPR? 

PIB: 1200,00
PPR: 800,00


 Bom, de onde surgiu estes 200,00 no PIB se só foram produzidas 1000 ? aí está a falha, o PIB soma os gastos do Governo como se benéfico ele fosse, sendo assim, 200,00 surgiram do nada. já o PPR subtrai da produção.

 O cálculo do PIB é bem simples: PIB = C + I + G + (X - M) Onde,
C é o consumo privado, I é o total de Investimentos, G representa os gastos do Governo, X são as exportações e M as importações. 

 já o PPR pode ser: PPR = C + I - G + (X - M) ou PPR = PIB - G

 Agora sobre o PPR do Brasil eu fiz alguns cálculos podem ser vistos nessa planilha aqui: Planilhas Google

 Aqui tem uma planilha mais simples, basicamente estes são os números do PPR de 2012 a 2016

Ano Produto Privado Remanescente % do PIB Nominal
2012 R$ 3.699.919.984.651,92 76,85%
2013 R$ 4.043.797.867.249,85 75,85%
2014 R$ 4.332.402.964.414,48 74,97%
2015R$ 4.425.515.686.674,2073,81%
2016 R$ 4.565.106.601.345,44 72,93%

Metodologia de Calculo
 Peguei os dados de PIB nominais e as despesas do governo central: https://www.tesourotransparente.gov.br

 Com relação aos gastos dos estados e municípios, peguei as despesas dos estados e municípios e subtrai das transferências da união (para que não houvesse conta dupla da mesma despesa), as fontes para esses dados estão aqui: http://www.tesouro.fazenda.gov.br/-/boletim-de-financas-dos-entes-subnacionais-2017 
E aqui:  http://www.tesouro.fazenda.gov.br/-/stn-divulga-novo-boletim-de-financas-de-estados-e-municipios

 Então somando Despesa da União com (despesas dos estados e municípios - transferências da união) e subtraindo esses valores do PIB NOMINAL eu obtive os valores do PPR e sua respectiva porcentagem, se a metodologia estiver correta a margem de erro é de 0,00002% para mais ou para menos, em virtude de alguns valores não serem exatos.

Conclusão
 Gastos do Governo são uma depredação para a Economia, quanto menor eles forem mais rica será a sociedade e maior será a satisfação do consumidor. 

Referências Bibliográficas

  1. Produto Privado Remanescente. In: Wikipédia: a enciclopédia livre. Disponível em: <https://pt.wikipedia.org/wiki/Produto_Privado_Remanescente> Acesso em: 18 out 2018.
  2. ROTHBARD, Murray N. Governo e Mercado. 1º. ed. [S.l.]: IMB, 2012. 314 p.  
  3. ROQUE, Leandro. As falácias sobre o PIB brasileiro. 2010. Disponível em: <https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2013>. Acesso em: 18 out. 2018.  
  4. Boletim de Finanças dos entes subnacionais 2016
  5.  Boletim de finanças dos entes subnacionais 2017

2 comentários: